Dê o primeiro passo… nem que seja pra trás.

Muitas vezes viramos especialistas em planejar e sonhar, arquitetamos tudo em nossas mentes, mas na hora de dar o primeiro passo, parece que sempre falta algo. Você já teve esse sensação?

Em uma conversa de bar começamos, meus amigos e eu, a pensar em alguns planos, alguns sonhos que nos acompanham desde algum tempo, talvez desde a adolescência, mas não conseguimos nunca tirar as ideias do plano mental e colocar classificar como “ideia que deu certo” ou “ideia que não deu certo”.

Talvez essa inércia de viver planejando venha do medo de aumentar coluna “ideia que não deu certo” e com isso sempre inventamos que falta algo. É sempre “mas eu ainda não tenho o carro ideal para a aventura que quero”, “a câmera ideal para o meu filme/vlog”, “o microfone ideal para meu home estúdio”, “o computador ideal para fazer o curso de design”, “tempo ideal para estudar para concursos“,  “conhecimento necessário pra fazer essa prova“, “traço ideal para vender meus desenhos” e várias outras “desculpas” que nos damos para não fazer algo que, na verdade, talvez estejamos com medo de falhar e nos apegando a detalhes para nos garantir que a culpa foi circunstancial e não pessoal.

Eu mesmo me encontrei nesse exemplo. Estou com o Administração Comentada parado há quase dois anos e sempre foi algo que gostei muito de fazer. Estava parado porque não tinha o tempo ideal. Daí me esbarrei no eu não tinha o layout ideal para reformular com minhas novas ideias (estou com algumas, mas a parte de concurso continuará, não se preocupem. explicarei em outro post) e fui inventando desculpas por algum motivo… medo das pessoas não gostarem? de não conseguir mais voltar ao que era? de não estar à altura dos grandes portais de concursos? de não ser capaz de gerir o site? Realmente procrastinei bastante e não faço a menor ideia do porquê realmente

Em toda essa busca planejada de tentar fazer com que nenhum percalço aconteça no caminho, acabamos montando um carro 4×4 para passar numa poça d’água. Não estou falando para você largar tudo e viver como o filme “Na natureza selvagem” (ótimo filme, por sinal!), a não ser que essa seja sua ideia de vida. O que estou falando é, talvez com os recursos que você tenha na mão agora, você consiga passar pela primeira poça d’água e ir se preparando para a segunda que é um pouco mais profunda e assim vai.

Planejar é muito importante e necessário, ainda mais se seu projeto for montar uma empresa, aí nem se fala, bro! Planeje mesmo, somos todos administradores e sabemos disso. Tá no sangue e nos estudos da faculdade! Mas talvez se você um dia quer se tornar um McDonald’s você tem que começar como um dogão na esquina e não com 20 lanchonetes bem equipadas na cidade. O que estou falando aqui é do excesso de planejamento, é do overthinking em cima de um detalhe que não era para travar sua ideia.

primeiro passo thumbTalvez para você passar em um concurso, você tenha que viver mais desconfortavelmente por um tempo, com um emprego que você ganhe menos, mas trabalhe por menos tempo. Talvez para você montar sua empresa, você tenha que sair do seu emprego e viver no perrengue por um tempo. Talvez pra você conhecer o mundo, você tenha que mochilar de ônibus. Talvez para você viver do que você curte (música/arte, uma carreira diferente), você tenha que viver com menos. Isso pode aplicar em diversos campos da sua vida, meu velho, talvez até na amorosa. Já parou pra pensar nisso? Talvez um passo “pra trás”, que pode parecer o fim do mundo, te abra a oportunidade de conhecer a pessoa mais maravilhosa da sua vida?

Acredito que nos arrependeremos mais da inércia do que do movimento…

Só tenham certeza de uma coisa. Olhe para onde você está agora, independente da sua idade. Olha pro teu lado, olha o que você tem e o que você conquistou. Patrimonialmente falando, seus bens, seu carro, qualquer coisa assim, mas não apenas nesse aspecto. Olha o como as pessoas te olham, o respeito que você tem, repara como você fala com paixão no assunto que você mais entende, olha o teu conhecimento, olha pro lado e vê quem está a tua volta, lembra bem em como você conquistou tudo isso que você tem. Você pode perder uma parte do seu patrimônio ou do seu conforto, mas meu amigo, te digo:

ninguém nunca vai tirar de você a capacidade que você tem para construir isso tudo!

Batalha, brother! Nada nessa vida é fácil… e estou falando isso também para mim! Pode ter certeza disso…

Só voltando um cadinho ao meu caso, por exemplo, no AdmComentada. Estou com diversos planos, como deixar ele com cara de portal, colunistas dentre algumas outras coisas, mas estava esbarrando em diversas coisas que ainda não estava deixando do jeito ideal para voltar em uma divulgação mais arrojada do site. Hoje, para completar, meu computador deu uma pequena e inexplicável pane e estou finalizando esse texto direto do celular. E decidi não adiar mais em busca do ideal! Pontapé dado…

Right now somebody's counting my money
So much they can't see the top of the stack
There's a will there's away
Moneys gonna find my hand one day and
When it does I ain't looking back

Hey, hey I keep my head down but I keep on swingin'

(Tradução livre)
Tem alguém contando meu dinheiro agora
É tanto que eu nem consigo ver o topo da pilha
O dinheiro vai me achar um dia e
quando isso acontecer eu não "olhar para trás" (no sentido de não reclamar do que passou)

Hey, eu trabalho para caramba, mas continuo me mexendo!

Keep on Swinging - Rival Sons


 

1 comentário

  1. Wíverson Cardoso

    Fala Brunão!!! Cara, tamo junto nesse pensamento.

    “Acredito que nos arrependeremos mais da inércia do que do movimento…”

    Falou tudo!!!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha Captcha Reload