34. (CESGRANRIO – PETROBRAS– ADMINISTRADOR/2012)

Uma empresa de controle familiar, que atua na área de usinagem e caldeiraria, conquistou recentemente grandes clientes e precisa ampliar seu quadro de operadores de chão de fábrica. O mercado de trabalho está demandante e, portanto, é necessário tornar a empresa interessante por meio de um sistema de bonificação variável que não modifique a estrutura familiar e tenha foco no desempenho na atividade.
Qual critério deve ser central em uma proposta de bonificação variável no caso?

(A) Ampliação de horas extras
(B) Aumento de salários
(C) Ganhos por produtividade e redução de perdas
(D) Bônus após 6% de retorno sobre o patrimônio
(E) Opção de compra de ações

COMENTÁRIO

Apesar da questão ter tocado no assunto “Mercado de Trabalho” quando está em oferta ou procura, no caso, não precisava ter aprendido para essa questão, pois no próprio enunciado já é explicado o que é mercado de trabalho demandante (mas quem quiser a explicação, está aqui). Um problema a menos.

A segunda parte que precisamos saber é sobre a composição da remuneração que já foi falado no blog, mas vamos repetir aqui:

A remuneração tem três componentes chave:

– Remuneração básica: É representada pelo salário básico, horário ou mensal. Economicamente falando, é o quanto se paga para o trabalhando vender a sua força de trabalho. Aqui estão inclusos os adicionais noturnos e periculosidade (ou insalubridade), pois seguindo o raciocínio é por quanto a mais o funcionário se vende para exercer a função em determinadas situações.

– Incentivos salariais: Programas salariais desenhados para recompensar o funcionário com bom desempenho. São exemplos: bônus, participação nos lucros e resultados etc. Sempre a título de recompensa, ou seja, são variáveis, quanto mais se produz, mais se recebe.

– Benefícios: São concedidos através de programas como férias, seguro de vida, seguro saúde, refeições subsidiadas etc. Quase sempre são remunerações indiretas, ou seja, independem da produção do funcionário para ele receber.

O enunciado da questão já deu a dica quando falou em “bonificação variável”. Ou seja, a opção será a que varia de acordo com a produção do funcionário, enquadrada nos incentivos salariais. Tendo a explicação fica fácil, estamos falando da letra C. Quando a empresa dá incentivo por produção e redução de custos é uma bonificação variável, quanto mais produzir e reduzir custos, mais se ganhará.

As outra opções não dependem diretamente da atuação do funcionário.

RESPOSTA LETRA C

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha Captcha Reload