38.(CESGRANRIO – PETROBRAS– ADMINISTRADOR/2012)

O principal executivo de um estaleiro decidiu implantar a metodologia de gestão de projetos visando a atender a demanda pela construção de novos petroleiros. Uma analista de RH ficou responsável por planejar, organizar e monitorar o processo de recrutamento e seleção de gerentes de projeto, tendo como preocupação central a capacidade de exercer uma liderança situacional.
No processo de seleção, devem ser identificadas nos candidatos a capacidade de

(A) valorizar tecnologia e conhecimento técnico.
(B) manter a autoridade compatível com a posição.
(C) ascender a posições hierárquicas superiores.
(D) estabeler uma única linha de comando.
(E) envolver a equipe na tomada de decisão.

COMENTÁRIO

Vamos falar um pouco sobre a tal liderança situacional.

O nome já nos diz muito, é uma liderança adaptável, que muda conforme a situação, que se adequa a cada fator de mudança e consegue se moldar à realidade.
Um líder situacional deve ser versátil e flexível, sabendo adequar seus estilo, de acordo com a pessoa com quem trabalha e coma situação. Ele utiliza o que há de melhor nas lideranças autocrática, laissez-faire e democrática (veja mais aqui) e aplica, dependendo do grupo que tem à mão e da circunstância. Normalmente lidera escolhendo alguns tipos de ação, como:

– Direção: Usada com pessoas mais inexperientes, pois trata-se de dar instruções bem específicas e acompanhar de perto a execução.

– Treinamento: Assim como na direção, há as instruções dadas e o acompanhamento, porém aqui o líder pede sugestões e explica suas decisões. Usada com pessoas inexperientes e que estão perdendo o interesse.

– Apoio: Líder apóia todo esforço dos liderados para cumprirem as tarefas, compartilha decisões, ou seja, para quem aprecia o estilo mais participativo, iniciantes que gostam de serem ouvidos e apoiados.

– Delegação: Para pessoas experientes, pois o líder passa o poder de decisão para os liderados. Tem que ser usada com pessoas que sabem se portar diante de crises e problemas.

Existe uma matriz, um gráfico criado com os eixos “comportamento diretivo” e “comportamento de apoio” do líder, para sabermos quando se usa cada situação e como o líder age, mais diretivamente ou mais em forma de apoio, chamado modelo de Hersey e Blanchard.

 

Indo para a questão, temos que saber o que um alguém que esteja sendo procurado para exercer uma liderança situacional precisa ter para contratarmos, das opções a única que tem algo a ver, relacionado mesmo com a liderança situacional é a parte de trabalhar em equipe, pois o líder precisa saber sempre trabalhar bem em equipe, mesmo em situações que ele tenha que ser mais incisivo e autocrático na sua decisão, ele tem que saber que a sua decisão é a melhor para a equipe, além de saber passar muito bem para ela a decisão, para não ocorrer muita resistência.

RESPOSTA LETRA E

PS: A letra D tem um erro de digitação, mas é da prova mesmo. Veio assim e não é o único.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha Captcha Reload