31. (CESGRANRIO – PETROBRAS BIOCOMBUSTÍVEIS – ADMINISTRADOR/2010)

A teoria estática da estrutura de capital da empresa revela o quociente entre as dívidas e o capital próprio. A estrutura ótima de capital, considerando-se o benefício fiscal do uso de capital de terceiros e os custos de falência,

(A) elimina a alavancagem financeira.
(B) minimiza o custo médio ponderado de capital.
(C) iguala o custo de capital de terceiros ao custo de capital próprio.
(D) torna o custo de capital de terceiros superior ao custo de capital próprio.
(E) torna o montante de financiamento por meio de capitais de terceiros superior ao montante de financiamento por meio de capitais próprios.

COMENTÁRIO

A própria questão nos dá uma pequena dica, definindo brevemente o que é a estrutura de capital. Sendo o resultado da divisão entre as dívidas, ou seja, capital de terceiros e capital próprio. Na prática, passivos de terceiros permanentes dividido pelo patrimônio líquido. Mas isso nos dá a composição do capital, o custo dele depende do custo de cada um componentes.

Quando se faz um gráfico onde custo x composição, nota-se que os dois custos tendem a subir. Porém sempre um subirá com uma “velocidade” maior, ou seja, o custo aumentará mais rápido do que o outro. O custo de capital total da empresa (WACC) é dado pela média ponderada desses dois custos, formando uma parábola. No gráfico fica mais claro: (Novamente colocarei uma foto tirada do celular, pois ainda estou sem scanner. Gráfico do Livro Curso de Administração Financeira do ASSAF NETO)

K0 = Custo de capital próprio se a empresa fosse financiada somente por capital prórpio.
Ki = Custo de Capital de Terceiros
Ke = Custo de Capital Próprio
P = Passivo de terceiros permanentes (passivo oneroso)
PL = Recursos próprios permanentes (patrimônio líquido)
WACC = Custo de capital total da empresa (custo médio ponderado)

Pois bem, o ponto X no gráfico é justamente o ponto ótimo da estrutura de capital, onde o WACC fica no seu menor valor. Como o WACC é o custo médio ponderado dos custos dos capitais e suas respectivas participação, o ponto ótimo do WACC é onde essa média é minima, nos dando como resposta a letra B.

As outras opções falam de possibilidades para composição do capital total da empresa, ou seja, outras opções de acordo com a estratégia da empresa. A opção “A”, que fala de eliminar a alavancagem financeira: para eliminar temos que eliminar juros, ou seja, financiar toda a empresa por capital próprio, que vimos no gráfico não é a melhor opção.

RESPOSTA LETRA B

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha Captcha Reload