37. (CESGRANRIO – PETROBRAS BIOCOMBUSTÍVEIS – ADMINISTRADOR/2010)

Os estoques representam um importante ativo nas empresas de manufatura e, por essa razão, devem ser gerenciados de maneira eficiente e eficaz. Sobre a tipologia de estoques e suas principais aplicações, analise as afirmativas a seguir.

I – Os estoques de produtos acabados estão sujeitos a maior incerteza que os estoques de componentes e matérias-primas.
II – Os estoques de itens de demanda dependente são mais fáceis de gerenciar que os estoques de itens de demanda independente.
III – Os estoques de antecipação são usados para atender a demandas futuras e para utilizar a capacidade ociosa de produção.
IV – Os estoques são utilizados para proteger certas partes da cadeia de suprimentos da falta de itens.

São corretas as afirmativas
(A) I e II, apenas.
(B) II e III, apenas.
(C) I, II e III, apenas.
(D) I, II e IV, apenas.
(E) I, II, III e IV.

– Administração da Produção – Stuart Chambers, Robert Johnston e Nigel Slack

Estoque é definido como a acumulação armazenada de recursos materiais em um sistema de transformação. O estoque existe pelo fato de haver uma diferença de ritmo ou de taxa entre o fornecimento e a demanda. Se o fornecimento de qualquer item ocorresse exatamente quando ele fosse demandando, não precisaria dos estoques. Assim os estoques evitam uma parada na produção ou em qualquer outro momento da cadeia de suprimentos. Existem alguns tipos de estoque, sendo eles:

– Estoque Isolador: Chamado também de estoque de segurança. Compensa incertezas inerentes a fornecimento e demanda.
– Estoque de ciclo: Esse estoque ocorrer porque um ou mais estágios na operação não podem fornecer todos os itens simultaneamente. Slack cita o exemplo de uma padaria que produz 3 tipos de pães igualmente populares. Pelo processo não se poderia fazer os 3 ao mesmo tempo, então cada vez que se faz uma fornada se faz em lote suficiente para suportar a demanda até a próxima fornada do mesmo tipo.
– Estoque de antecipação: Usado para compensar diferenças nos ritmos de fornecimento e demanda. Mais comumente usado quando as flutuações de demanda são significativas, mas relativamente previsíveis. Podem ser usados também de forma oportunística, aproveitando preços baixos ou fábrica ociosa, e até mesmo especulativa.
– Estoque no canal (de distribuição): Estoque em trânsito, estoques alocado e não disponível ao consumidor, esse é conceito de estoque no canal. É porque o material não pode ser transportado instantaneamente entre o ponto de fornecimento e o de demanda.

Os estoques podem conter materiais de demanda:

– Independente: A demanda de um item mantido em estoque é independente da demanda de qualquer outro item mantido em estoque. O produto acabado é um item de demanda independente, pois sua demanda depende unica e exclusivamente do mercado.
– Dependente: Itens que sua demanda depende outros. Normalmente os componentes e matéria-prima de qualquer processo produtivo.

Indo para a análise dos itens:

I – Os estoques de produtos acabados estão sujeitos a maior incerteza que os estoques de componentes e matérias-primas. VERDADEIRA
Os componentes e matérias-primas são comprados para uma determinada produção, previamente planejada. Os produtos acabados eles foram produzidos com base em estudos de mercado e previsões, bem menos concretos e bem mais incertos do que o planejamento de produção.
II – Os estoques de itens de demanda dependente são mais fáceis de gerenciar que os estoques de itens de demanda independente. VERDADEIRA
O gabarito diz verdadeira, mas eu, sinceramente, fico com uma pulga atrás da orelha. Acredito que a visão da banca tenha sido: O itens de demanda dependente tem hora e lugar certo para entrarem na produção, entrarão sempre de forma automática em determinado momento que for solicitado e por isso são mais fáceis de gerenciar do que os de demanda independente, que não se sabe onde o consumidor estará exatamente nem quantos ele pedirá. Acredito que esse seja o pensamento desse item.

III – Os estoques de antecipação são usados para atender a demandas futuras e para utilizar a capacidade ociosa de produção. VERDADEIRA
Escrevi isso com base no Slack no texto acima.

IV – Os estoques são utilizados para proteger certas partes da cadeia de suprimentos da falta de itens. VERDADEIRA
Isso também está dito no começo, quando se diz: “s estoques evitam uma parada na produção ou em qualquer outro momento da cadeia de suprimentos.”

RESPOSTA LETRA E

5 Comentários


  1. Com relação ao item II: Os estoques de itens de demanda dependente são mais fáceis de gerenciar que os estoques de itens de demanda independente.

    A alternativa está correta pois os itens de demanda dependente são programados internamente, dependendo sua produção apenas de decisões tomadas pela empresa.

    Por outro lado, os itens de demanda independente dependem de variáveis que estão fora do controle da empresa, como por exemplo o Mercado Consumidor.

    Assim a demanda dependente é mais fácil gerenciar que a independente.

    Espero ter ajudado! Bons estudos!

    Responder
  2. Diogo Dornellas

    Eu realmente fiquei com dúvida na III: Temos que tomar muito cuidado com o uso das conjunções “e” e “ou”. Nesse caso, não necessariamente são essas duas características em comum, eu usaria o “ou”.
    O grande problema é que esse tipo de questão é muito subjetiva e, no meu caso, marcaria a opção “D” por conta disso.

    Agora me diz… e na hora da prova, como fazer nesse caso? Vira loteria.

    Responder

    1. É Diogo, não sei até onde a conjunção faria diferença nessa frase. Falando no Raciocínio Lógico é óbvio que “e” e “ou” são completamente diferentes, mas acho que nessa questão, nesse contexto tendo qualquer um dos dois seria cabível.
      Já diriam os professores de cursinho, tenta não viajar muito nos “e se…” ou pensar muito em detalhes profundos, normalmente a questão está bem mais rasa do que achamos.

      Responder
  3. Será ?

    Outra questão mal formulada !!!

    Você marcaria como certa uma questão que afirmasse:

    Os estoques de antecipação são usados para para utilizar a capacidade ociosa de produção.

    Creio que não, né…

    Impressionante como a Cesgranrio apresenta falhas PRIMARIAS na elaboração das provas.

    O nível dos candidatos está muito acima de quem elabora as provas. Esta é a verdade !!!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha Captcha Reload