11 Comentários

  1. Thiago

    Errei por falta de atenção, respondi como se pedisse o “ponto de pedido”

    Responder

    1. É Thiago,
      Essa questão pegou muita gente pelo pé nesse pequeno detalhe entre ponto do pedido e data de entrada.
      Mas conta como experiência, não é?

      Bruno

      Responder

    1. Para calcular o tamanho do pedido você teria que fazer:
      Dia 13 (entrada) teria um estoque de 110.

      No dia 20, dia do próximo pedido, temos que ter 200.

      Consumiremos, da entrada até o próximo pedido 7 dias a 30, ou seja, 210 unidades.

      EF = EI + Compras – Consumo
      200 = 110 + X – 210
      X = 300

      O tamanho do pedido sera de 300.

      Responder
  2. Anderson Braga

    Eu também errei essa questão por falta de atenção, não atentei para o lead time e a entrada no estoque, mais uma para aprender.

    Responder
  3. rodrigo

    Bruno,

    Não entendi a lógica do porque ser no dia 20.

    “Se tivemos 10 dias até o primeiro, serão 10 dias do primeiro para o segundo.”

    Responder
    1. admin

      Rodrigo, passará o mesmo tempo de um pedido para o outro pois o tamanho do pedido foi o mesmo. E como no final do dia 30 ele estava com 200 novamente, ou seja, dia 10 ele estava com 200, dia 30 com 200 e teve outra entrada idêntica, apenas pela simetria sabemos que no dia 20 tb teremos 200 e será gerado outro pedido, com entrada dia 23.

      Qualquer dúvida pergunte novamente, não vá com a dúvida para a prova!

      Responder
  4. Tarcísio

    Não entendi o porquê do segundo pedido ser no dia 20. Se no dai 13 foi feita a reposição do estoque, então nesse mesmo dia 13, eu tenho 500 unidades. Então se passariam 10 dias para que eu chegasse no ponto do ressuprimento e esse ponto seria no dia 23 e a entrada no dia 26. Sei que é um raciocínio errôneo, mas foi o que eu havia entendido. Obrigado!

    Responder

    1. Assim Tarcísio,
      Mas a entrada acontece no dia 13, não necessariamente o estoque fica em 500. Pois do dia 10 até o 13 foi consumindo estoque. Quando o estoque chega novamente não temos mais 200, mas sim 170.

      Responder
  5. Raissa

    Olá a todos!
    Estou pensando muito nessa questão e ainda tenho uma dúvida. Pela lógica, o tamanho de cada um dos dois pedidos é de 300 unidades (estoque final = estoque inicial + entradas – saídas => 200 = 500 + entradas – 900). Foram 600 unidades de entrada e como entraram 2Q, logo Q = 300. Entretanto, pelo gráfico, seriam 390 unidades entrando (500 – estoque de segurança = 500 – 110 = 390). O que está correto: duas entradas de 300 unidades ou duas de 390 unidades?
    Obrigada desde já pela ajuda!

    Responder
  6. Raissa

    Pessoal, cheguei a uma conclusão por aqui de algo que eu já desconfiava. O nível de estoque ao qual se chega a cada ressuprimento não é de 500, como eu vi em alguns sites e como meu próprio professor explicou.

    Achei uma explicação no site “www.questoesdeconcursos.com.br” que me esclareceu quanto ao nível de estoque de 410 unidades que se atinge após cada ressuprimento de 300 unidades.

    “Comentado por Augusto César da Motta Willer.

    Dia 01- 500 unidades -200 unidades (ponto de rssumprimento ou pedido) = 300 unidades disponíveis/30 unidades-dia= 10 dias
    Dia 10 – faz o pedido de 300 unidades (reposição de vendido) com lead-time de 3 dias
    Dia 13- Entrada 01 com venda de mais 30×3=90 unidades => Estoque 110. 110 (estoque) + 300 entrada = 410 – 200 (ponto de ressuprimento)= 210 unidades disponíveis/30 unidades de consumo-dia= 7 dias
    Dia 20 – Atinge 200 unidades em estoque. Novo pedido de 300 unidades. Lead time de 3 dias
    Dia 23 – Nova entrada de 300 unidades + 110 em estoque (200 do ponto de ressuprimento – 90 unidades consumidas em 3 dias de lead-time) = 410 un.
    Dia 30- 7 dias de consumo entre os dias 23 e 30 = 30×7 = 210 unidades. Estoque = 410 – 210 = 200.”

    Abração a todos!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha Captcha Reload