25. (CESGRANRIO – TRANSPETRO – ADMINISTRADOR/2011)

Duas empresas, Alfa e Beta, concorrentes no mercado, têm por coincidência o preço e as quantidades vendidas exatamente iguais. Os preços são de R$ 30,00 por unidade e as vendas de 190.000 unidades. A Alfa tem custos e despesas operacionais fixos anuais de R$ 1.094.000,00 contra R$ 1.820.000,00 da Beta. A Beta, em compensação, tem custos e despesas operacionais variáveis de R$ 10,00 por unidade, contra R$ 13,00 da concorrente.
Com base nessas informações, qual o grau de alavancagem operacional das empresas Alfa e Beta, respectivamente, assumindo um crescimento para as vendas de 20%?

(A) 1,32 e 2,86
(B) 1,41 e 2,15
(C) 1,51 e 1,92
(D) 1,59 e 3,14
(E) 1,82 e 1,54

No blog já foi falado e abusado o assunto grau de alavancagem. Está aqui.
Nessa prova já teve uma de alavancagem financeira e agora uma de alavancagem operacional.

As fórmulas são:

I – GAO = Porcentagem de variação no lucro operacional / Porcentagem de variação no volume de atividade

II – GAO = Receita líquida de vendas (margem de contribuição total) / Lucro operacional

Sabendo a fórmula, principalmente a II,  basta montar a tabela com os valores e correr para o abraço. Repito que já disse em outras questões, só utilize a fórmula coma a variação se a questão já te der essa variação. Não vá sair feito um louco furioso colocando 20% em cima de cada valor para tirar a diferença e fazer pela fórmula I não, pelo amor de Deus.

Pois bem, a situação fica assim:

Essa questão era mais trabalhosa do que difícil.
Espero  que fique bem claro pela planilha, que já está com todos os dados, inclusive a resposta (GAO).

RESPOSTA LETRA C

E galera administradora, questão de alavancagem sempre tem, hein? Apesar de não ter caído nessa do BNDES, é um dos assuntos mais recorrentes. Não tenham dúvidas nesse assunto, qualquer dúvida me mandem que eu farei tudo para ajudar.

Por falar em BNDES. Como vocês foram de prova?

6 Comentários

  1. Rodrigo

    Bruno, mas se resolvesse fazer pela fórmula 1, não poderia? Eu fiz por ela e cheguei a valores diferentes. Peguei o lucro operacional sem a alavancagem e dividi pelo lucro com a alavancagem(multiplicando 20% a qnt de peças vendidas nesse caso) mas não cheguei a essa GAO

    Poderia explicar melhor?

    Responder
  2. Rodrigo

    Ops, precisa mais não, identifiquei o meu erro.

    Mas só não entendi a relação da fórmula I com a II. A I pra mim faz todo o sentido do mundo, a II não entendo não precisar utilizar a % de variação pra chegar ao GAO

    Responder
  3. Augusto

    o que é porcentagem de variação no volume de atividade?

    como resolveria pela formula I ?

    o link ta quebrado

    Responder
  4. renato

    eu entendi que deveria multiplicar as vendas por 1,2 ja que houve esse aumento e ai sim desenvolver pelo jeito que vc explicou..

    nao entendi oq esses 20% fazia na questao entao

    Responder

  5. Vamos lá, Augusto e Renato.
    Os 20% estão aí por questões teóricas. Sem variação a alavancagem não existe, já que grau de alavancagem é justamente o quanto varia o resultado em função de uma variação. Se você quiser, pode variar os dois e tirar pela primeira fórmula do link, que já ajeitei!

    Responder
  6. cleidson

    OI Bruno eu não entendi uma coisa, para que esses 20% eu não entendi isso, por exemplo, se eu pegar a quantidade de 190 mil unidades e acrescentar os 20% e faezr por ai não vai ter gabarito correto, porque não usamos esses 20%? poderia explicar por favor?

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha Captcha Reload