46. (CESGRANRIO – TRANSPETRO – ADMINISTRADOR/2011)

Muitas empresas consideram que podem ser mais efetivas se realizarem parcerias estratégicas. Para poderem concorrer em melhores condições no mercado mundial, duas empresas brasileiras do ramo de petroquímica resolveram comercializar seus produtos conjuntamente. Como oferecem produtos complementares, a parceria permite que possam apresentar
aos clientes uma carteira mais completa de produtos com menores custos de comercialização. Essa parceria estratégica é classificada como

(A) Aliança de produtos ou serviços
(B) Aliança de logística
(C) Aliança de pesquisa
(D) Aliança promocional
(E) Colaboração com preços

COMENTÁRIO

Primeiramente, uma observação. Por serem produtos complementares, já vemos que não tem uma relação de concorrência entre eles. Apesar disso não influenciar na questão, é importante ser levantado. Produtos complementares são produtos que tem demanda atrelada. Quando se aumenta o consumo de um, o do outro tende a subir também. O exemplo mais famoso é o do sorvete e da cobertura. Caso o preço do sorvete aumente demais e haja uma queda no consumo desse, haverá fatalmente uma queda no consumo de cobertura para sorvete, independente do preço dela ter sofrido alteração. Você deve ter visto isso em suas cadeiras de economia com o nome de “Bens Complementares” estudando junto com “Bens Substitutos”.

Quem estudou pelo Kottler, “A Bíblia do Marketing” teria isso bem direitinho. A questão foi um “Copia e Cola” do livro dele, por isso vou colocar pelo livro dele aqui:

Alianças estratégicas: No mundo de hoje, as empresas estão descobrindo que precisam de parceiros estratégicos para serem mais efetivos, é difícil alcançar a liderança sem alianças com empresas que alavanquem ou complementem suas capacidades e recursos. Nesse sentido, existem 4 categorias principais de aliança:

– Aliança de produtos ou serviços: “Uma empresa licencia outra para fabricar seu produto ou duas empresas comercializam conjuntamente produtos, complementares ou um novo produto”.

– Alianças promocionais: Uma das empresas concorda em promover um produto ou serviço da outra. O caso do McDonalds oferecendo coisas da Disney no menu de crianças.

– Alianças de logística: Uma empresa pode oferecer serviços de logística para o produto da outra.

– Colaboração com preços: “Uma ou mais empresas poder formar uma colaboração especial para a determinação de preços. É comum hotéis e locadoras de automóveis oferecerem descontos mútuos.”

RESPOSTA LETRA A

Não esqueçam nosso FACEBOOK.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha Captcha Reload