56. (CESGRANRIO – TRANSPETRO – ADMINISTRADOR/2011)

O Diretor de RH de uma empresa decidiu levar em conta, no processo de planejamento estratégico, uma possível elevação de 5% no índice de rotatividade. Para tal, ele solicitou aos gerentes informações, dos últimos 5 anos, quanto aos custos com entrevistas, aplicação de provas e checagem de referências.
No caso, o diretor solicitou informações relativas aos custos de

(A) desenvolvimento
(B) desligamento
(C) recrutamento
(D) treinamento
(E) seleção

COMENTÁRIO

A questão dá como opções funções do setor de RH e pergunta em qual função estaria agrupado os dados de entrevistas e seleções de candidatos. Vou relacionar para cada opção quais dados seriam possíveis de ser colhido, além de uma breve explicação.

– Recrutamento:
Divulga oportunidades oferecidas pela organização. É onde a empresa tenta atrair o candidato divulgando salários, condições de trabalho e outras informações sobre o cargo a ser ocupado. O recrutamento acaba no momento da entrega do currículo.
Nessa função os dados que podem ser gerados tem a ver com o alcance do recrutamento. Quantas pessoas se interessaram pelas vagas. A relação candidato x vagas. Custos de anúncios de emprego.

– Seleção:
É onde se faz a triagem das pessoas. É um filtro que busca, dentre vários candidatos, os mais adequados para a organização. Usa de uma comparação entre o que o cargo quer e o que o candidato oferece. Para isso existem diversas técnicas: Entrevistas, provas, testes psicológicos, técnicas de simulação dentre outros, cabendo ao selecionador aplicar o mais indicado a cada situação.
Nessa função pode ser gerados dados de relação candidatos gerais e candidatos aptos. O quociente de seleção (Candidatos Admitidos/Candidatos Examinados) e os custos gerais de seleção, inclusive os citados na questão. Sendo essa a nossa resposta. Mas vamos continuar.

– Treinamento:
Seria a atividade de preparar alguém para fazer uma tarefa. Seja preparar um novato para exercer a função para a qual for contratada ou um funcionário veterano para ser treinado para uma nova tecnologia, procedimento ou aperfeiçoar o jeito de fazer.
Aqui seria possível retirar dados como  custo de treinamento, atividades que mais demandam tempo de treinamento dentre outros dados.

– Desenvolvimento:
Essa atividade procura explorar o potencial de aprendizado e capacidade produtiva das pessoas através da mudança ou adequação de comportamentos. É um outro lado da moeda do treinamento, mas não passa necessariamente por uma técnica em sala de aula ou algo assim, como o treinamento. O desenvolvimento não é uma melhoria individual, mas sim uma melhoria dentro da organização.

– Desligamento:
É quando o funcionário sai da empresa, não importando qual seja o motivo desse desligamento.
Daqui podemos obter dados de motivos que as pessoas pedem parar sair ou são demitidas, quantas pessoas saem por período.

Logicamente aqui eu resumi bastante. Os autores dedicam um capítulo ou mais de seus livros para falar de cada um dos assuntos acima, afinal é “a alma” do RH as funções acima. Tentei dar uma ideia para que todo mundo conseguisse raciocinar na questão.

RESPOSTA LETRA E

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha Captcha Reload